Quem sou eu

Minha foto
Santiago, RS, Brazil
Sou Viviane Perufo Carloto. Tenho curso superior em Letras, Língua Inglesa e Respectivas Literaturas e Pós-Graduação em Informática na Educação. Desenvolvo trabalho na Supervisão Escolar e coordeno o Projeto Tribo LucasGeo e o grupo de teatro Os Teatreiros.

domingo, 25 de abril de 2010

Música Favorita



Em 2010, o ano letivo iniciou atípico: as aulas começaram em fevereiro e desenvolvemos o Projeto Lições do Rio Grande.
O tema desenvolvido foi "Eu e os outros". A proposta conduz o aluno a discutir questões de identidade a partir de suas preferências musicais, estabelecendo relações entre sua história de vida e a música que ouve.
Os alunos tiveram que investigar, analisar e comparar a sua realidade social com as apresentadas nos textos informativos, produzir textos e apresentar à turma.
Na finalização das atividades, eles tiveram o momento de mostrar aos colegas a sua música favorita. Fomos para o auditório da escola, onde puderam manusear diversos equipamentos de multimídia: computador, som, datashow, etc. A maioria preferiu realizar as apresentações com uso do site do youtube (clipes da músicas).
Cada aluno explicou o porquê da música escolhida, o significado dela na sua vida e lia a letra, quando era em inglês. Foi aberto espaço para perguntas.
A letra das músicas foram expostas no painel "Músicas Preferidas".
Muitos alunos foram objetivos nas respostas, outros colocaram claramente a importância da música em sua vida e em quais momentos.
Esta atividade propiciou observarmos como as pessoas são diferentes uma das outras: na maneira de pensar, de vestir, no estilo de música, no corte de cabelo. Concluimos que somos diferentes uns dos outros e temos que respeitar estas diferenças.


Criação do blog



Iniciamos o ano e já propus aos alunos o trabalho de criação do blog.
Os alunos se organizaram livremente em duplas e trios (as turmas tinham número de alunos ímpares). Coloquei a maneira como poderiam se organizar para trabalharem na criação do blog (caderno para anotações, fotos, dicas de sites, informação da fonte dos textos, imagens, etc, usados no blog), a importância do trabalho em equipe, o respeito entre os grupos, a revisão dos textos escritos antes de postarem e o registro com fotos das atividades significativas em todas as disciplinas.
Expliquei o porquê e os objetivos de desenvolverem o trabalho com blog:
  • Divulgar os projetos desenvolvidos na escola;
  • Divulgar as produções desenvolvidas nas diferentes áreas do conhecimento;
  • Desenvolver a curiosidade tecnológica, incentivando-o a buscar diferentes linguagens de programação;
  • Desenvolver habilidades e competências nas diferentes áreas do conhecimento, aplicando os conteúdos estabelecidos em currículo;
  • Possibilitar a discussão dos valores e da moral, quando na postagem de comentários, observando os limites do respeito à produção do próximo;
  • Proporcionar a interação professor/aluno, instigando-os a pensar, trocar experiências e reflexões e aprender um com o outro;
  • Trabalhar com imagens criadas ou registradas pelos alunos, ampliando suas habilidades cognitivas na área da criação.

Filme A Paixão de Cristo

Durante a semana que antecedeu a Páscoa, assistimos ao polêmico filme "A Paixão de Cristo". O filme "A Paixão de Cristo", dirigido por Mel Gibson, tem provocado polêmicas em todo o mundo. Ele mostra as últimas doze horas da vida de Jesus, e especialmente Sua crucificação, de uma forma extremamente brutal. Os que defendem o filme louvam-no como uma das maiores chances para a evangelização em dois mil anos. Os adversários o consideram anti-semita, dizendo que incentivará o preconceito contra os judeus.
Mais uma vez fica evidente: após dois mil anos, a existência de Jesus, Sua morte na cruz e Sua ressurreição continuam causando o mesmo impacto. Esse fato eleva-O acima de todos os outros personagens que influenciaram a História. Enquanto o tema "Jesus" nunca perderá destaque, todas as outras questões que ocupam a humanidade desaparecerão na insignificância.

Curiosidades
  • São faladas no filme as línguas usadas na época de Jesus Cristo: aramaico, latim e hebraico. O diretor Mel Gibson pretendia que que a história do filme fosse contada apenas pela linguagem corporal, ou seja, não houvesse legendas. Posteriormente, Mel decidiu inserir legendas em algumas cenas.
  • A cena da crucificação de Cristo levou em torno de duas semanas até ser concluída da forma desejada por Gibson.
  • São as mãos do próprio diretor que aparecem na cena em que Jesus Cristo está sendo pregado na cruz.
  • Maia Morgenstern, que interpretou Maria, a Mãe de Jesus, é apenas seis anos mais velha que James Caviezel. Este, por sua vez, guarda duas grandes coincidências com Jesus Cristo: as iniciais JC e a idade: Caviezel, na época das filmagens, tinha 33 anos, a mesma idade com a qual Cristo foi crucificado.
  • Ainda sobre Caviezel, o ator foi atingido por um raio na cabeça durante as filmagens, mas nada de grave aconteceu.
  • As filmagens ocorreram em Roma.
  • A paixão de Cristo teve o orçamento de 25 milhões de dólares e rendeu mundialmente em torno de 611 400 milhões de dólares.
Fonte: pt.wikipedia.org/wiki/A_Paixão_de_Cristo
http://downloads.open4group.com/wallpapers/a-paixao-de-cristo-filme-14f82.jpg

Iniciando 2010


Mais um ano que vai, outro que vem.
A galera que chega na 8ª série vem desconfiada, brilho nos olhos, conversa mansa... parecem tímidos. Mas o sorriso e o bom humor já são marcas registradas.
Iniciamos com duas turmas. Como são 31 alunos, formou-se uma turma. Está sendo muito legal trabalhar. Espero que se dediquem, se encontrem e sejam felizes!!!!
Galera, sucesso em 2010!!!!