Quem sou eu

Minha foto
Santiago, RS, Brazil
Sou Viviane Perufo Carloto. Tenho curso superior em Letras, Língua Inglesa e Respectivas Literaturas e Pós-Graduação em Informática na Educação. Desenvolvo trabalho na Supervisão Escolar e coordeno o Projeto Tribo LucasGeo e o grupo de teatro Os Teatreiros.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

29 de Agosto é o Dia Nacional de Combate ao Fumo

Hoje, 29 de agosto, é instituído o “Dia Nacional de Combate ao Fumo”, e por isso o Primeira Edição entrou no ‘coro’ dos órgãos de saúde e resolveu ratificar os riscos que o cigarro traz à saúde da população, fumante ou não, e também do meio ambiente.

Na última segunda-feira, o ministro da saúde, Alexandre Padilha, regulamentou a Medida Provisória 540/2011, que prevê o aumento na carga tributária dos cigarros, além de fixar preço mínimo de venda do produto. Essa medida visa controlar o crescimento do tabagismo no país.

Estima-se que 35 milhões de pessoas morram por ano no mundo por doenças decorrentes do tabagismo. Entre as mortes por câncer de pulmão, 70% estão relacionadas ao hábito de fumar, assim como 42% dos óbitos por doenças respiratórias crônicas.

No Brasil, o tabagismo está relacionado a aproximadamente 200 mil mortes anuais, ou seja, a cada hora, cerca de 10 pessoas com doenças relacionadas ao cigarro. “Medidas como essa (aumento da taxação dos cigarros) reforçam a liderança do nosso País no enfrentamento das doenças crônicas não transmissíveis”, ressaltou o ministro.

Prejuízos ao Meio Ambiente

Além das doenças causadas pelo consumo do cigarro, que atingem fumantes e não-fumantes, o fumo também atinge diretamente o equilibrou do planeta. Isso por que o cultivo do tabaco proporciona a derrubada de florestas para usar a lenha nas estufas onde são feitas a secagem das folhas do tabaco.

Esse processo contribui, também, para a ocorrência de erosões e destruição do solo, pois, com o desmatamento, o solo fica exposto à chuvas fortes e à insolação, perdendo a matéria orgânica e como conseqüência, o solo fica empobrecido, ainda que as zonas desmatadas sejam reflorestadas, não serão refeitas as condições naturais quanto à flora e à fauna da mata virgem.

Também na fabricação do papel, utilizado na manufatura do cigarro, há a derrubada de árvores.

Além disso, os incêndios provocados por cigarros constituem também um importante agravo ao meio ambiente: pelo menos 25% dos incêndios rurais e urbanos são relacionados a pontas de cigarros.

Fonte: http://primeiraedicao.com.br/noticia/2011/08/29/29-de-agosto-e-o-dia-nacional-de-combate-ao-fumo

Nenhum comentário: