Quem sou eu

Minha foto
Santiago, RS, Brazil
Sou Viviane Perufo Carloto. Tenho curso superior em Letras, Língua Inglesa e Respectivas Literaturas e Pós-Graduação em Informática na Educação. Desenvolvo trabalho na Supervisão Escolar e coordeno o Projeto Tribo LucasGeo e o grupo de teatro Os Teatreiros.

quinta-feira, 24 de março de 2011

A menina da chuva



Assistimos ao vídeo "Menina da chuva" (Bonecas vermelhas para as meninas vermelhas, bolas azuis para os meninos azuis. ) E você, que cor escolhe?

Debatemos e concluimos que ...

Assista. Depois, conte-me.

http://www.portacurtas.com.br/Filme.asp?Cod=9910&Exib=3191#


"Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade."
Artigo 1.º da Declaração Universal dos Direitos do Homem

TODOS DIFERENTES, TODOS IGUAIS


De cores diferentes
Mas com iguais necessidades…
Elas são IGUAIS
Em todas as idades!


De culturas diferentes
E diferente religião…
TODOS eles sentem,
Têm um coração!

Márcia Rosas

De diferentes partidos
Quando homens feitos…
Mas TODOS
Com os mesmos direitos!


De diferentes idades
E diferente altura…
Eles TODOS colhem
Sua semeadura!

Ler mais: http://www.luso-poemas.net/

6ª feira/VERDE, AMARELO, AZUL E BRANCO




Minha Terra


A minha terra tem as águas mais claras,


O meu lugar é um oceano de sonhos,


O meu país é verde, amarelo, branco e azul da cor dos céus


A minha terra é saudável, é fértil


O meu lugar tem o povo mais bonito,


O meu país é branco, negro e amarelo... é o brasil



500 anos e você é tão jovem


Tuas paisagens, tua história, teu ninho...


500 anos e a gente pede a Deus pra te abençoar.




500 anos, hora da igualdade, com mais trabalho, mais justiça e


verdade


500 anos e você está de pé


É só o começo


Segue com fé.



A minha terra...


Kim

http://www.germinaliteratura.com.br/sabiaseexilios/asavesqueaquigorjeiam_7.htm

5ª feira/ AZUL E VERMELHO



AZUL E VERMELHO


Nessa rosa que eu pisei

tinha uma borboleta azul.
Eu não vi o que fazia,
mas as duas eu matei.

Vou enterrar as duas.
A rosa
e a borboleta azul.
E elas vão me perdoar.

Qualquer dia,
quando eu passar por aqui,
haverá uma rosa
com pétalas azuis
e uma borboleta
vermelha
e perfumada.

Pedro Bandeira. Cavalgando o Arco-íris
São Paulo, Moderna, 1986.
http://sugestoesescolaresdiversas.blogspot.com/2010/10/azul-e-vermelho.html

4ª feira/ O BRANCO



A cor da poesia

Assim como à alma,
à poesia deve ter cor branca,
pois, a mesma se comunica perfeitamente com à alma.

Branco por que ela tem todas as cores de luzes.
Azul quando falamos de mar,
amarela quando falamos do sol,
rosa quando falamos de amor.

Sei que quando a morte vier,
não quero que ninguém use preto,
eu quero que usem branco,
pois branco é a cor da poesia,

e à poesia sempre esteve na minha jornada,
de vez em quando confundo a vida com um poema,
talvez por que a vida seja um belo poema.
Não sei tudo que sei.

Que a poesia teve ter a cor branca,
junção de todas as cores de luzes.

http://nerudalorca.blogspot.com/2011/02/cor-da-poesia.html

3ª feira/ AS CORES



POEMA DAS CORES


Quando as cores

se misturam o negro vira branco,
e o branco vira preto sem tanta
tinta misturar.


O verde fica vermelho
dependendo unicamente
de cada modo de olhar.


Mas se o olhar
for alegre ou mesmo triste
aonde tanta cor eu terei que buscar...


Portanto nem sequer
mesmo me preocupo se nada mais tenho
com que me preocupar. Se enquanto as cores
tornem dentre elas a se misturar.


Pois que seja da cor preta
ou de cor branca, a cada cor eu
pretendo logo amar.


Alexandre Oliveira
Publicado no Recanto das Letras em 15/10/2009
http://recantodasletras.uol.com.br/mensagens/1866942

segunda-feira, 21 de março de 2011

2ª feira/ O NEGRO

Até o final da semana, você descobre o que está acontecendo!





Negritude e Liberdade

O povo negro muito já sofreu
Uns ainda continuam sofrendo
Preconceitos, discriminação
Por gente ignorante, ateu
Pessoas desumanas, sem coração.

A negritude não é um defeito
É apenas uma das milhões de cores
Que deus coloriu o mundo
Nessas cores, não há jeito que dê jeito
Só o preto é que dá o retoque final
A toda a beleza natural
Do paraíso que foi feito.

Liberdade de fachada
Não é o que se quer
Queremos mesmo é ser livres
Como deus determinou
Amar e ser amados
Pelos irmãos de outra cor
Viver em paz, sem discórdia
Num mundo de sonhos e de amor.


de Maria Dionésia Santos da Silva
Santa Cruz do Piauí - PI - por correio eletrônico

Fonte:http://www.pucrs.br/mj/poema-negro-68.php

Todos diferentes. Todos iguais.

A turma 81 pesquisou o tema na disciplina de Língua Portuguesa, usando a Sala Digital. Organizaram-se em grupos, criaram painéis ilustrativos e colocaram em exposição na área coberta da escola. Parabéns pelos belíssimos trabalhos. Quanta criatividade!!!!









Dia Internacional contra a discriminação racial




O dia 21 de março é reservado especialmente para as manifestações de Luta Contra o Preconceito Racial. Embora todos os dias são válidos para demonstrar nossa indignação contra os diversos tipos de preconceito, seja racial, social, político, religioso, econômico, cultural, ou qualquer outro ato que impeça a plena liberdade e expressão e participação na sociedade.
Entretanto, hoje, vamos nos dedicar somente à discriminação racial, que significa toda e qualquer distinção, exclusão, restrição ou preferência baseada na raça, cor, ascendência, origem étnica tendo como finalidade impedir, problematizar o pleno direito de ir e vir de todos os cidadãos.

Esta conscientização tomou forma em 1960, no dia 21 de março, na cidade de Joanesburgo, capital da África do Sul, onde 20 mil negros protestavam contra a lei do passe, que os obrigava a portar cartões de identificação, especificando os locais por onde eles poderiam circular.Durante este manifesto contra o regime Aparteheid, ocorreu à prisão de diversos líderes, centenas de pessoas ficaram feridas, entre elas crianças e 69 morrem. Esta ação ficou conhecida como o Massacre de Shaperville. Em memória à tragédia, a ONU – Organização das Nações Unidas – instituiu 21 de março como o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial. O Artigo I da Declaração das Nações Unidas sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Racial diz o seguinte:O racismo se apresenta, de forma velada ou não, contra judeus, árabes, mas sobretudo negros. No Brasil, onde os negros representam quase a metade da população, chegando a 80 milhões de pessoas, o racismo ainda é um tema delicado. Ainda, sobre o Brasil, hoje vários eventos estão sendo realizados estimulando a população brasileira à reflexão e ao debate sobre estas e outras questões que tem colocado o negro no centro das discussões sobre a questão da discriminação e do preconceito racial. As próprias políticas públicas são evasivas e discriminatórias, como por exemplo: por que reserva em “faculdades e universidades” para negros e índios? Se perante a Lei somos todos iguais, automaticamente todos podem participar de igual para igual nas vagas para formação educacional e profissional. Todos podem entrar e sair de qualquer lugar público, todos tem os mesmos direitos sociais, políticos e econômicos.
O maior problema deste “tal pré-conceito, está incutido na própria sociedade que destrói, corrói e desumazina os indivíduos na redistribuição de renda”. Fazendo o pobre cada dia mais pobre, forçando a formação de favelas, impedindo o crescimento e desenvolvimento de um povo, de uma nação.

Por isso eu digo: BASTA!!!!!!! Acordem brancos, negros, amarelos, índios,... deixamos o preconceito para trás, ele está fora de moda.

Por: Solange Santos
http://portalgirassol.blogspot.com/2008/03/dia-internacional-contra-discriminao.html

domingo, 20 de março de 2011

Show de André Canterle

Encerramos as atividades com o belíssimo show de nosso querido e amigo André Canterle.
A gurizada fica feliz com a presença desta pessoa simpatissícima. Não poderia ser diferente, ele é filho da nossa querida e também simpática professora Neusa Canterle.
Parabéns pela maravilhosa apresentação. Sucesso amigão!!!








Jogos de Confraternização

O descanso foi ótimo! Chega de folga!!!
Retornamos do feriadão de carnaval pela tarde. Aconteceram jogos de confraternização das 5ª séries à 8ª. A galera se organizou legal!!!
Após as 15h houve a apresentação do cantor André Canterle para os turnos da tarde e manhã. Show de bola!! O André tem um amor antigo com a escola.
É uma alegria tê-lo nas festividades da escola, pois sua alegria e sua energia positiva nos contagia. Simpatia de pessoa.
Agradecemos a sua presença e desejamos tudo de bom na sua caminhada.
Abraços.






domingo, 6 de março de 2011

Dia Internacional da Mulher

HISTÓRIA
8 DE MARÇO É DA MULHER

As mulheres do Século XVIII eram submetidas à um sistema desumano de trabalho, com jornadas de 12 horas diárias, espancamentos e ameaças sexuais

O Dia Internacional da Mulher, 8 de março, está intimamente ligado aos movimentos feministas que buscavam mais dignidade para as mulheres e sociedades mais justas e igualitárias. É a partir da Revolução Industrial, em 1789, que estas reivindicações tomam maior vulto com a exigência de melhores condições de trabalho, acesso à cultura e igualdade entre os sexos. As operárias desta época eram submetidas à um sistema desumano de trabalho, com jornadas de 12 horas diárias, espancamentos e ameaças sexuais.

Dentro deste contexto, 129 tecelãs da fábrica de tecidos Cotton, de Nova Iorque, decidiram paralisar seus trabalhos, reivindicando o direito à jornada de 10 horas. Era 8 de março de 1857, data da primeira greve norte-americana conduzida somente por mulheres. A polícia reprimiu violentamente a manifestação fazendo com que as operárias refugiassem-se dentro da fábrica. Os donos da empresa, junto com os policiais, trancaram-nas no local e atearam fogo, matando carbonizadas todas as tecelãs.

Em 1910, durante a II Conferência Internacional de Mulheres, realizada na Dinamarca, foi proposto que o dia 8 de março fosse declarado Dia Internacional da Mulher em homenagem às operárias de Nova Iorque. A partir de então esta data começou a ser comemorada no mundo inteiro como homenagem as mulheres.

Fonte: http://www.arteducacao.pro.br/homenagem/mulher.htm



Destino da Humanidade

Tenho andado preocupado
Com o destino da humanidade
Como vai viver o povo
Em uma grande cidade
Com tanto rio poluído
Água potável vai faltar
E as fábricas e automóveis
Que contaminam nosso ar?

Já compramos nos mercados
Água engarrafada mineral
Daqui uns dias vamos pagar
Pra respirar um ar legal

Já pensou você andar
Com um recipiente,
Uma mangueira no nariz
Para não ficar doente

E o pobre que não usar?
Qual vai ser a solução?
O coitado só vai andar
Com problema no pulmão

Do jeito que a gente vai
As coisas vão piorar
É melhor mudar de rumo
E também se preocupar

Ainda temos algum tempo
Para poder reverter
É cuidando desse planeta
Que melhor vamos viver.


de André Barreto Sandes
Santo Antônio de Jesus - BA - por correio eletrônico

Galera da 8ª



Mais um ano, mais uma turma especial. É um barato trabalhar com a galera da 8ª série. Conversamos, brincamos, trabalhamos e às vezes nos estranhamos. Faz parte. Vai ser mais um ano de muito trabalho. Já iniciamos dividindo a turma em duplas para a criação do blog. A 81 promete. Vamos à luta galera! Conquistem seu espaço! Beijos!!!

Volta às aulas!!!


2011, reiniciamos às aulas mais cedo. Foi bastante estranho. Mas é muito bom recontrar colegas e alunos.

A escola sem eles, não é escola. Quem dá vida a ela são os alunos. É maravilhoso vê-los chegar de mansinho. Uns com cara de sono, de alegria, de timidez e outros com cara de poucos amigos. Vão se chegando, cumprimentando colegas, professores e funcionários. Invadem o setor para pedir informações e a sala dos professores para nos dar as boas-vindas.

Sinto-me feliz. O coração bate mais forte, a cabeça cheia de ideias, o espírito de aventura, o corpo tenso e um sorrisão contagiante.

Sejam bem-vindos, todos os dias!!!!!